Hoje quando acordei, fotografei-as. Todas as manhãs as observo com admiração: a sua forma longa e vertical e a capacidade de se manterem por décadas, séculos, reunindo no seu corpo a terra e o céu. Tudo o que necessitam, absorvem da terra e da energia luminosa.

E como fui contagiada pela Jubela com o bichinho dos bordados, tenho andado também às voltas destas árvores.

Ainda não tenho muita habilidade mas tenho-me divertido imenso a fazê-las…




O meu Tea Leaves está praticamente terminado.

Apenas falta colocar-lhe os botões. Estava a pensar fazer um igual em pequenino para a Victória…

0 comments on “Árvores”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.